Expediente Fundação CEEE

A Fundação CEEE informa que não terá expediente no período de 12 a 16 de outubro por conta dos feriados de Nossa Senhora Aparecida (12/10), feriado ponte (13/10) e feriado do Dia do Securitário (16/10).  As atividades retornam a partir das 8h do dia 17 de outubro (terça-feira).

Confira os candidatos inscritos para as eleições 2017

logo_eleicoes_2017Estão definidas as candidaturas inscritas para as Eleições 2017 da Fundação CEEE. Neste pleito, serão eleitos três conselheiros deliberativos titulares e três suplentes; dois conselheiros fiscais titulares e dois suplentes e um diretor. O período de inscrição de candidatos foi de 28 de setembro a 03 de outubro de 2017. As candidaturas ainda serão analisadas pela Comissão Eleitoral para posterior homologação. O pleito será realizado no período de 04 a 11 de dezembro de 2017 preferencialmente em plataforma eletrônica (internet e telefone) com uso de senha do autoatendimento. Os eleitores que não possuem senha poderão votar pelo correio.

O participante poderá votar livremente em um (01) candidato para o Conselho Deliberativo, um (01) candidato para o Conselho Fiscal e um (01) candidato para Diretor. As instruções para votação serão divulgadas, em breve, em meio impresso e no site da Fundação CEEE.

O processo será o mesmo adotado nas eleições anteriores. O sistema de votação ficará disponível das 09 horas do dia 04 de dezembro de 2017 até às 09 horas do dia 11 de dezembro de 2017. A apuração será realizada a partir das 10 horas do dia 11 de dezembro de 2017, na sede da Fundação CEEE.

Confira abaixo a nominata de candidatos em ordem alfabética.

CONSELHO DELIBERATIVO
ANTONIO LUIZ DE OLIVEIRA MARTINS
CELIONARA WIGGERS PICCINI GUIMARÃES
EDUARDO ALEXANDRE DUTRA ZIMMERMANN
JORGE EDUARDO SARAIVA BASTOS
JOSÉ HENRIQUE MACHADO DOS SANTOS
LUIS HENRIQUE ABBADY DA ROSA
LUIZ FELIPE DE SOUZA TEIXEIRA
MARCELO JACQUES PALUDO
MÁRCIO LIMA BRAGA
PONCIANO PADILHA
SANDRO ROCHA PERES

CONSELHO FISCAL
ADAIR FEISTLER
ADÃO EUNES ALBUQUERQUE
ANA MARIA SPADARI
ANTONIO CARLOS WEIZENMANN
JANICE ANTONIA FORTES
JOÃO ANDERSEN CORTE REAL
RICARDO BARREIRA ORLING
ROSAURA CUNHA TEIXEIRA DE MELLO

DIRETOR
JEFERSON LUIS PATTA DE MOURA
MANUEL ANTONIO RIBEIRO VALENTE
PAULO CESAR DIAS PINHEIRO
PAULO RENATO SILVA RENNER

 

banner_regulamento_2017_01     banner_edital_eleicoes_2017

Fundação lança processo eleitoral 2017

logo_eleicoes_2017A Fundação CEEE publicou na edição do dia 21 de setembro do jornal Correio do Povo o edital de convocação das eleições 2017 para os cargos de Conselheiro Deliberativo, Conselheiro Fiscal e Diretor. O pleito será realizado no período de 04 a 11 de dezembro de 2017 preferencialmente em plataforma eletrônica (internet e telefone) com uso de senha do autoatendimento. Os eleitores que não possuem senha poderão votar pelo correio. Leia mais

Resgate mais flexível no Foz do Chapecó Prev

As alterações regulamentares no Foz do Chapecó Prev, aprovadas no dia 15 de setembro, tornaram o plano ainda mais atrativo para os empregados da companhia de energia. A novidade está nas possibilidades de resgate de contribuições efetuadas no plano.

O resgate é um dispositivo previsto no regulamento que permite ao participante sacar, à vista, todos os recursos que aportou no Foz do Chapecó Prev, acrescidos do rendimento financeiro, ao invés de receber o dinheiro em benefícios mensais.

Pela regra anterior, o participante podia resgatar somente a parte dele, as contribuições feitas pela Foz do Chapecó ficavam no plano. O participante podia resgatar a parte da empresa somente se fosse elegível ao benefício de aposentadoria.

Agora, a nova regra, criada por iniciativa da Foz do Chapecó, permite ao participante que se desligar da empresa o resgate de 20% até 100% das contribuições efetuadas pela patrocinadora. O percentual varia conforme o tempo de vínculo do participante ao plano. Caso a empresa desligue o empregado, ele leva 100% das contribuições da patrocinadora, independente do tempo de vínculo ao plano.

Confira o novo texto regulamentar no quadro comparativo disponível no banner abaixo.

banner_quadro_foz

Seminário Econômico será dia 28 de novembro

O 19º Seminário Econômico Fundação CEEE está agendado para o dia 28 de novembro. O evento será realizado no BarraShoppingSul, em Porto Alegre, a partir das 13h30min. A Fundação CEEE está definindo os palestrantes que debaterão as perspectivas macroeconômicas e políticas para 2018. O Seminário Econômico da Fundação CEEE é um importante referencial para empresários, gestores e demais profissionais que buscam as melhores projeções para definir suas estratégias de atuação no ano seguinte, ouvindo especialistas renomados no âmbito nacional.

Reserve já a sua agenda e aguarde a divulgação do evento nas próximas semanas.

Seminário Caminhos para o Futuro: qual o valor do seu amanhã?

_FSC23904º Seminário Caminhos para o Futuro coloca previdência complementar em pauta.

Você já pensou no valor do seu amanhã? Como garantir um futuro com manutenção dos níveis de consumo que possui hoje e proporcionar um melhor aproveitamento da vida, cada vez mais longa? Como ajustar a balança entre o quanto é necessário poupar, sem abrir mão de realizar sonhos no presente, mantendo a sustentabilidade e o conforto na sua vida após a carreira profissional? Para responder estas questões, a Fundação CEEE trouxe dois especialistas em economia e finanças pessoais que participaram da 4ª edição do Seminário Caminhos para o Futuro, realizada no dia 31 de agosto, em Porto Alegre. O tema não podia ser mais oportuno, quando se discute a reforma da previdência e a necessidade de investir em novos mecanismos de proteção social como os planos de previdência privada.

Hoje, ser previdente e investir no futuro é uma necessidade, porque as pessoas estão vivendo mais tempo e precisarão de mais recursos para cobrir as demandas da longevidade. O aumento da expectativa de vida é uma ótima notícia, mas traz consigo um desafio: com que recursos viveremos os anos que estaremos fora do mercado de trabalho, sabendo que a aposentadoria pública oferece uma remuneração básica para seus segurados?

Dos atuais 20 milhões de aposentados pelo INSS, cerca de 13 milhões recebem um salário mínimo. Segundo projeções do IBGE, em 2060 haverá 63 idosos para cada 100 pessoas da população economicamente ativa. Atualmente, a relação é de 21 idosos para cada 100 pessoas. Ou seja, em 2060, teremos o triplo de pessoas com mais de 65 anos, dependentes de uma previdência pública que hoje já demonstra pouca capacidade de pagamento.

No entanto, o sistema de previdência complementar no Brasil cobre em torno de 7 milhões de pessoas, entre participantes e dependentes, uma parcela ainda muito pequena da população. Portanto, há um grande potencial de crescimento deste importante instrumento de formação de poupança de longo prazo, que está se tornando uma necessidade para as pessoas que desejam uma aposentadoria mais segura.

_FSC2155Sistema multipilar de previdência
“Nossa vida de consumo é maior que nossa vida de trabalho”, com esta constatação, o primeiro convidado do Seminário Caminhos para o Futuro falou sobre como alguns países europeus estão lidando com a questão previdenciária. Doutor em Economia pela Universidade de Stirling, Bernardo Nunes, apresentou o sistema multipilar de sustentação das finanças pessoais durante a aposentadoria. O primeiro pilar, representado pelo Estado, o segundo, estruturado pelas iniciativas de previdência privada, patrocinados por empresas e contribuições de trabalhadores e, o terceiro, alicerçado nas iniciativas individuais de investimento. De acordo com Nunes, o segundo pilar é o caminho para as pessoas investirem, utilizando mecanismos automáticos de adesão através das empresas onde trabalham. Segundo ele, é difícil transformar o conhecimento financeiro que muitas pessoas possuem em comportamento financeiro. Ter consciência da necessidade de poupar e investir não significa que de fato vamos tomar atitudes para atingir esses objetivos. Decisões automáticas e simples, em contrapartida, podem garantir um futuro mais gratificante após o trabalho.

Adeus, aposentadoria_FSC2329
“Esqueça tudo que você aprendeu sobre aposentadoria”, a frase de abertura da palestra do consultor Gustavo Cerbasi é provocativa, mas aponta para a responsabilidade que temos com nosso próprio futuro tomando atitudes no presente. Maior referência em inteligência financeira do Brasil, Cerbasi é especialista em Finanças pela Stern School of Business, da New York University e pela Fundação Instituto de Administração. Ele defende que é possível investir no futuro sem sacrificar sonhos no presente e ainda começar uma carreira empreendedora que garantirá novas fontes de renda na “aposentadoria”. “Por que não colocar em prática algo que tenha significado que pode se transformar em negócio?”, questiona. Para ele, aposentadoria não é o fim da linha, mas o início de uma etapa de criação de renda e de patrimônio. Há um encarecimento natural da vida conforme aumenta a idade das pessoas. Para manter o bem-estar, a solução não é cortar gastos, mas investir no conhecimento e buscar fontes de renda que vão suprir as necessidades atuais e do amanhã. Cerbasi afirma que as pessoas precisam se preparar para uma carreira mais longa, educando-se para o trabalho, educando-se para investir e educando-se para empreender.

Investimento de longo prazo
Construir essa consciência passa pela formação das novas gerações através de mecanismos de educação financeira e previdenciária para que os jovens se preparem para uma longa jornada. Nesse contexto, as organizações têm um papel importante, como incentivadoras da poupança previdenciária, inserindo planos desta natureza no pacote de benefícios, uma forma de participar ativamente no planejamento do futuro de seus colaboradores e associados.

Em um ambiente de crise econômica e de transformação dos sistemas de proteção social, o caminho para instituições de previdência complementar é ofertar soluções inteligentes, rentáveis e acessíveis a parcelas maiores da população. Nesse sentido, a Fundação CEEE colocou em seu planejamento estratégico o crescimento do setor, oferecendo produtos modernos, adequados às necessidades de instituições preocupadas com o futuro de seus empregados e associados.

Um desfamiliases produtos é o Família Previdência, plano aberto para adesão de empresas e entidades de todos os segmentos e que permite o ingresso dos familiares dos participantes, ampliando a cobertura previdenciária para as pessoas mais próximas e queridas. A Fundação CEEE tem como objetivo olhar para o futuro de uma maneira diferente, colaborando para que as pessoas possam escolher, hoje, um amanhã cheio de opções, com recursos financeiros que contribuirão para manter e até mesmo aumentar seu padrão de vida.

Fundação lança nova marca do plano Família Previdência

familiaDurante o 4º Seminário Caminhos para o Futuro, a Fundação CEEE lançou a nova marca do Família Previdência, destacando o novo posicionamento almejado pela Entidade para este produto.
Com o slogan “Você precisa. Seu futuro merece.”, o plano passa a ter duas versões: uma para adesão de entidades associativas e outra para ingresso de empresas de todos os segmentos do mercado. Leia mais

Esclarecimento sobre intervenção na Fundação CEEE

A Fundação CEEE informa que a intervenção decretada pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC), no dia 15 de agosto, está relacionada à governança da Entidade, por descumprimento de normas estatutárias.

Salientamos que os serviços prestados aos mais de 15 mil participantes continuam funcionando normalmente.

Com 37 anos de atuação no mercado e um patrimônio de quase R$ 6 bilhões, a Fundação CEEE se consolida como o maior fundo de pensão do Rio Grande do Sul e um dos maiores do Brasil, ocupando o 17º lugar no ranking nacional, entre 307 Entidades Fechadas de Previdência Complementar.

Gestão
Roger Odillo Klafke foi nomeado para exercer a função de interventor na Fundação CEEE pelo prazo de 180 dias. A intervenção pode se encerrar em prazo inferior ou ser prorrogada.

A intervenção ocasionou a perda dos mandatos dos atuais dirigentes, membros do Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva da entidade, titulares e suplentes.

Fundação CEEE

Atendimento em 17 de agosto

A Fundação CEEE informa que, no dia 17 de agosto, o atendimento ao participante por telefone e pela central de atendimento em Porto Alegre funcionará em horário especial a partir do meio-dia.

Pela manhã, estarão disponíveis somente os canais de autoatendimento pela internet e por telefone.

0800 51 2596 e 51 3027 1221.